segunda-feira, 29 de março de 2010




"Pense no seu tamanho... é uma menina tão grande! Pense no quanto caminhou hoje! Pense na hora que é! Pense em qualquer coisa, mas não chore!"

(Alice no País dos Espelhos)

quinta-feira, 25 de março de 2010




Me conta agora como hei de partir

Se, ao te conhecer, dei pra sonhar..

Agora conta como hei de partir?



[Chico Buarque]

domingo, 21 de março de 2010



Quando você é criança, a noite é assustadora.
Porque existem monstros escondidos debaixo da cama.
Quando você cresce os monstros são diferentes.
Desconfiança...solidão...arrependimento.
E embora você seja mais velho e mais sábio,
você ainda se vê com medo do escuro.



Grey's Anatomy

quarta-feira, 17 de março de 2010

domingo, 14 de março de 2010


De repente, você vê que aprendeu várias coisas. Mas não foi de repente, foi aos poucos. “De repente” não quer dizer que aprendeu rápido. Quer dizer que você não percebe que está aprendendo, até que aprende.
Você olha pra suas fotos antigas e não consegue se enxergar. Você se lembra de frases ditas e atitudes tomadas e as trata como se fosse de outro alguém. Você aprende que não há amor que não acabe, doença que não se cure, não há estrada sem fim. O caminho, sim, é sem fim. Basta torcer para estar percorrendo o caminho certo. Basta perceber que seu caminho é errado e esperar pelo próximo retorno.
É uma estrada de duas mãos.
De repente, você se sente cansado de tanto aprender quando, na verdade, você está é cansado de estar rodeado de gente que não aprendeu coisa nenhuma.


.

Gabriella Beth Invitti

uma lembrança boa,


"Então sejamos aquela ausência no outro que não dói. E um pedaço de lembrança boa...E mais um aprendizado, pra aumentar o pedaço.Porque minha memória só funciona pra enfeitar, nunca pra denegrir uma pessoa."


(Marla de Queiroz)

sexta-feira, 12 de março de 2010

Pq é preciso mudar..


"Não sei se será possível a gente escolher as próprias verdades, elas mudam tanto. Não só por isso, nossas verdades quase nunca são iguais às dos outros, e é isso que gera o que chamamos de solidão, desencontro, incomunicabilidade. Talvez a maneira como me debato seja natural, e até positiva. É possível que eu parta daí para um conhecimento maior de mim mesmo. Então estarei livre. Acho que meu mal sou eu mesmo, esses círculos concêntricos envolvendo o centro do que devo ser. Mas só poderei me aproximar dos outros depois que começar a desvendar a mim mesmo. Antes de estender os braços, preciso saber o que há dentro desses braços, porque não quero dar somente o vazio. Também não quero me buscar nos outros, me amoldar ao que eles pensam, e no fim não saber distinguir o pensar deles do meu."

(Caio Fernando Abreu)



[ - é tudo isso Caio, é tudo muito isso, sabe.. ahh como você me entendee..]

quinta-feira, 11 de março de 2010


"Uma pessoa, quando está longe, vive coisas que não te comunica, e tu, aqui, vive coisas que não a comunica. Então, vocês vão se distanciando e, quando vocês se encontrarem, vocês vão se falar assim: oi, tudo bom e tal, como é que vão as coisas? E aí ele vai te falar, por cima, de tudo que ele viveu, e, não sei, vai ser uma proximidade distante. Não adianta, no momento que as pessoas se afastam, elas estão irremediavelmente perdidas uma da outra."

[Caaaiio F.A]

terça-feira, 9 de março de 2010


'... rir dos cárceres onde se prendeu
e levou um tempo imenso
pra descobrir que as chaves
estavam com você o tempo todo'


[Ana Jácomo]

quinta-feira, 4 de março de 2010

Futuro..



Derrubei todas as minhas paredes pra dar lugar a mais janelas.
Quero que meus olhos alcancem além do que há aqui.
[Fernanda Gaona]

terça-feira, 2 de março de 2010


"Já tive torres internas que foram ao chão. Torres altas demais para mim, torres que nem chegaram a ficar concluídas, torres que me exigiram esforço e que me deram prazer, até que alguém, com uma frase, ou com um gesto, as fez virem abaixo. Tinha gente dentro, tinha eu..."
[Martha Medeiros]